Skip to main content
fora

#chateada

Várias coisas inusitadas podem acontecer com você ao longo de sua vida, isso é natural. Só que existe uma enorme diferença entre coisas inusitadas acontecerem de vez em quando e coisas inusitadas acontecerem praticamente a todo o momento. Assim como os foras que você dá na vida, vez ou outra (ou quase sempre) você fala uma merda e o pior, muitas vezes nem se quer percebe o que falou. Ambas são situações embaraçosas que você fica muito pensativa e conformada (ou não) que essas coisas sempre acontecem com você.

De vez em quando vou contar algumas histórias que já vivenciei pra vocês.

Hoje quero contar sobre um fora bem básico (sqn…foi enorme) que eu dei uma vez!

Estava em um jantar em família e um amigo da família nesse jantar. Não me lembro como entramos no assunto mas começamos a falar de pessoas conhecidas, que cresceram conosco, o que estavam fazendo da vida e tudo mais. Entre essas pessoas que começamos a falar, mencionamos um garoto que eu conhecia e então eu disse: “Ele é gay”.

Todos pararam de conversar. Olharam pra mim. Aquele silêncio na mesa.

Não contente, eu repeti a frase: “Ele é gay”.

Uma observação: não tenho nada contra gays, muito pelo contrário, acho que cada um ama quem quer, sem gênero. O amor é simplesmente sentir o sentimento seja por quem for.

Voltando.

Eu estava na ponta da mesa e então olhei para a minha mãe e para a minha irmã, as duas olhavam para mim com aquela expressão de: “Shiii, fica quieta”.

Sem entender, olhei para frente, o amigo nosso da família estava olhando pra mim com os olhos arregalados, a boca aberta e o garfo com comida parado no ar.

Neste exato momento, eu percebi o que havia feito. Minha cara queimou e eu dei aquele sorrisinho amarelo.

O tal amigo da minha família era simplesmente o TIO do garoto que eu conhecia. Isso mesmo TIO. E ele ainda não sabia que o sobrinho era gay.

Agora imaginem a cena, o clima e minha cara de besta.

Tentei consertar o assunto mas aquela altura já tinha ferrado com tudo e tinha acabado de conquistar mais uma medalha por um fora cometido!

Moral da história: preste muita atenção nos jantares em família, eles podem te ferrar!

E caso alguém fique com dúvida o porque o tio ainda não sabia, não sejamos hipócritas, sabemos o quanto nossa sociedade é preconceituosa e cada pessoa leva seu tempo para contar sobre suas escolhas.

E você, qual o maior fora que já deu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>