Skip to main content
destaquecdaam

livro • cartas de amor aos mortos

Descobri esse livro em um canal no Youtube e decidi lê-lo. A autora é a Ava Dellaira e o livro foi publicado no Brasil pela editora Seguinte.

Quero começar falando sobre a capa do livro:

cdaam1

Simplesmente uma graça! Adorei o tom e a fonte que usaram. A capa é emborrachada, o que a torna uma delicinha de se pegar nas mãos!

cdaam2

Quando abri o livro fiquei encantada com a ilustração nele. As folhas são muito bonitas e gostosas de se tocar. Li no livro que o papel que utilizaram foi o pólen soft da Suzano.

cdaam3

Outro detalhe que adorei é que, no final do livro, vem um marcador do próprio livro! É só recortar e usar. Confesso que não tive coragem de recortar o meu então ele está inteirinho 😉

• a história

Acompanhamos a história da Laurel, uma adolescente que está tentando recomeçar a vida após morte de sua irmã mais velha, May. Ela muda de escola para evitar perguntas sobre o que aconteceu e evitar também o sentimento de pena das pessoas em relação à ela.

Laurel narra o que aconteceu de novo em seu ano e em sua vida através de cartas endereçadas a pessoas famosas que já morreram. Entre elas Kurt Cobain, Judy Garland, Janis Joplin, Jim Morrison, Amelia Earhart, Amy Winehouse, etc. Isso acontece porque logo no começo do ano a professora de Laurel, a Sra. Buster, pede aos alunos que escrevam uma carta a alguém para ser entregue a ela como uma tarefa escolar. A partir dessa atividade, a jovem cria o hábito de escrever o seu dia-a-dia, coisas que aconteceram no passado e sentimentos dela nas cartas.

Em alguns momentos fiquei com raiva da protagonista, achei muito exagerado o amor incondicional que ela sente por May, mas a medida que a história foi acontecendo, comecei a entender um pouco o porque disso. Vamos entendendo pouco a pouco o que realmente “pega” na história. A partir do meio do livro, nossas dúvidas vão se esclarecendo e ficamos embasbacados com algumas situações.

Existem outros personagens na história, os pais de Laurel, a tia dela, os amigos e até mesmo um garoto. Eles são fundamentais para o desenrolar da narrativa e ajudam a história a não ficar muito focada na tragédia que aconteceu na vida da protagonista, deixando-a mais leve.

Tem drama e tem um romancinho de leve. Fofo!

É uma boa leitura 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>